“Quero arriscar, ir mais além, fazer da vida valsa com meu bem…”

Douglas Malharo 01

Olá, que bom ter você aqui!!!

A música entrou em minha vida na infância em Minas Gerais, na pequena Santa Rita de Jacutinga, zona da mata de MG e divisa com o RJ.

Morei em Volta Redonda por aproximadamente 20 anos e aos 14 anos de idade comecei meus estudos na música, depois de trabalhar como office boy em uma contabilidade familiar e pedir conta de um emprego bancário após um ano.

Fui roadie e guitarrista de 10 bandas ao total e sempre tive negócios paralelamente a arte, como depósito de doces, fui professor de guitarra & violão, tive estúdio de música, escola de percussão, restaurante, loja de móveis rústicos e 4 estúdios de Pilates até hoje.

Toquei na noite por 16 anos consecutivos antes de ir morar e fazer faculdade de música + estudar com Ian Guest no Rio de Janeiro onde me mudei com minha família em 2006 (mulher e filho). Neste meio tempo, morei/toquei pelos USA por 5 vezes somando-se um total de aproximadamente 3 anos.

Residi por 14 anos no RJ e voltei a tocar em restaurantes/shoppings por 2 anos antes de montar 4 estúdios de pilates com a atriz, coreógrafa e minha companheira, Djanira de Paula e meu filho, artista e produtor Raphael Malharo.

Após este período de chegada ao RJ, fui convidado a ser diretor artístico em 2 casas de show (RJ e Búzios) e atuei por 5 anos, pedi demissão para assumir um novo desafio (sou movido pelo novo), o de ser Secretário Municipal de Cultura & Turismo em MG em 2013. Aceitei e paralelamente criei o restaurante Dom Malharo, que existiu por 2 anos. Sai da política pela falta de palavra de quem me convidou, mais amei ter estado e poder fazer alguns projetos em minha cidade do coração.

Resido atualmente em São Paulo no Pacaembu, cuido da minha carreira, produzo meu álbum 3, o projeto Encontros da “Nova” MPB, sou colunista no Canal da Utopia e escrevo meu primeiro livro com lançamento para 2023, onde completarei 30 anos de arte.

Amo o Brasil e pretendo ainda conhecer/morar por 1 ano em Florianópolis, SC e São Miguel dos Milagres, AL.

Parte Acadêmica

Premiações

Segundo lugar (voto popular) com a canção “Disseram” no Festival Nacional da Rádio MEC 2018.

Abertura de shows & produções para:

Apresentações Internacionais relevantes:

O Primeiro CD – 2003

“Um pulo sonoro… Além do anonimato”
4.000 copias.

Tem 11 canções com participações de músicos como: Cláudio Infante, André Neiva, Reppolho, Otávio Rocha, além de outros.
As primeiras 1.000 cópias continham uma versão de “Triste” (Tom Jobim) autorizado sem ônus pela JOBIM MUSIC.

O Segundo CD – 2010

“Se eu fosse você, prestava mais atenção em mim…”
6.000 copias.

DM divide a Produção com o Baixista e Produtor Dunga onde gravou nos estúdios da Som Livre & Studio Mega. Tem 10 faixas, sendo que nove são inéditas e compostas pelo artista e uma versão do sucesso na voz de Tetê Espíndola (Escrito nas Estrelas) e contou com participações especiais de músicos como: Paulo Calazans, Marcos Suzano, Milton Guedes, Lui Coimbra, Christian Oyens, Vini Rosa, Renato Fonseca, Vanderlei Silva entre outros.

Coletânea – 2015

“Os Maiores Sucessos… do Famoso Quem”
2.000 copias

Este CD é uma espécie de GREATEST HITS, digamos.

São 15 músicas selecionadas pelo próprio artista de seus 2 primeiros CDs e mais 3 novas canções inéditas: ESPELHO, CARROSSEL e TENTANDO RECOMEÇAR, uma versão feita por seu filho Raphael Malharo (Produtor e Artista) e tem clipe oficial no Youtube.

Seu canal oficial no Youtube contém 9 clipes oficiais e inúmeros vídeos.